segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Voz Suave

Voz Suave


Há tanto que precisa ser dito
muitas palavras a se esconder

Há tempos que aguardo aflito
esvai o tempo pra isso acontecer

Há chances que chegam depressa
tantas passam sem perceber

Há tantos livros guardados na estante
belas histórias que não vou viver

Há sentimentos no fundo do peito
portas fechadas, você não quer ver

Há velhas lembranças que voltam à tona
novos remorsos pra tentar esquecer

Há vários temores firmes presentes
poucas palavras se arrisca dizer

Há momentos que espero passivo
passar o tempo pra ter que correr

Há novos dias se desfazendo
velhos hábitos pra se perder

Há presságios que chegam de súbito
e sentimentos fazem nascer

Há histórias guardadas no tempo
apenas esperam o amanhecer

Há tanta beleza num simples sussurro
dito ao ouvido... amo você...

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Amor Suave





É possível encontrar conforto nos locais mais improváveis...
Esquecer marcas de horrores tremendos...
Refazer a alegria nos momentos mais terríveis...
Elevar o espírito nos abismos mais profundos...

Despertar no pensamento a força para continuar...
Resgatar do peito a coragem de sua voz exprimir...
Abrir o coração que não acreditava poder amar...
E revelar o sentimento de quem pensava nada sentir...